Contratação de Serviços Advocatícios

Nosso sistema de trabalho difere de outros serviços oferecidos no ramo advocatício pela forma de amparo ao consumidor no momento da contratação.
Antes de exemplicarmos em detalhes a maneira que atendemos nossos clientes, ressaltemos:

os escritórios advocatícios em geral:
– Consumidor “lesado” busca o escritório, normalmente através de uma indicação pessoal / familiar.
– Normalmente essa visita é feita pessoalmente, o que gera automaticamente gastos, para o prospect (com gastos relativos a locomoção ao local; estacionamento; tempo para exemplificar seu caso em uma reunião ou consulta que usualmente é cobrada pela maioria dos escritórios advocatícios “ainda que atenuada caso se efetive como cliente ao final da aceitação do orçamento da equipe jurídica”). Gastos para o escritório, também são gerados, sendo as conhecidas despesas mensais de um negócio comercial, quanto ao tempo do profissional do ramo para avaliar o caso concreto, dizer se há interesse na causa, e por fim levar todos esses custos empresariais na deteminação do preço do orçamento total e/ou consulta desse dia oferecido ao prospect.
– Após a elaboração do orçamento, logicamente, corre o risco do futuro cliente achar inviável o valor ora “perdido em sua causa” Vs. o “valor que deverá pagar ao advogado” e assim desistir de manifestar-se judicialmente em defesa de seus direitos.
– Ainda pode o cliente entender, que aquele escritório, em específico, lhe cobrou um valor irracional e que poderia ter o mesmo serviço em outra equipe advocatícia, porém terá que, novamente, investir nessa procura e os gastos referentes ao primeiro item dessa cadeia, começa contabilizar-se novamente.
– Por fim, um risco natural de toda contratação jurídica, é o fato do contrante perder a ação, pleito e/ou demanda. Algo realmente difícil de ocorrer se esse cliente possui pré-requisitos que o Código de Defesa do Consumidor o protege e o “advogado da consulta” encontra-os e reconhece assim, que suas chances de vitória são favoráveis ( nesse momento vale da experiência da equipe contratada para realizar essa avaliação ), embora o escritório possa negar essa investida, o que não irá eximir o consumidor em ter pago o valor da consulta bem como ser reembolsado no dia investido e demais custos já citados.

OBS: Vale ressaltar, que alguns consumidores se localizam em regiões nas quais o conhecimento jurídico “de profissionais” aos arredores, não são suficientemente para amparo jurisdicional. Principalmente se o prospect lesado sofreu golpe pela internet, ou está lidando com “experiente equipe jurídica no Polo da Empresa que esse pretende demandar”. Há casos inclusive em que o jurista contratado, sequer consegue citar a outra parte, tanto por falta de conhecimento adequado, quanto pela tamanha proteção e astucia da Parte Lesadora.

Como NÓS TRABALHAMOS:

Nosso objetivo é priorizar o acesso ao judiciário a consumidores que sintam-se lesados por diversos motivos já citados.

– Sendo assim, ao invés de postularmos em juízo “em nome do lesado”, como ocorre usualmente no mercado advocatício, nossa equipe através das disponíveis formas de contato, avalia o caso concreto do contratante gratuitamente. Por fim indicamos as probabilidades de ganho consensual e/ou judicial segundo nossa vasta experiência no direito consumerista.
– Caso não haja chances ou altos os riscos da demanda judicial, o prospect será avisado e escolhendo não seguir adiante, nada será cobrado.
– Já aceitando os riscos da perda ou sabendo de altas chances de vitória em seu caso concreto, o Prospect será cobrado da seguinte forma:

Forma de Resolução Valor Cobrado Serviços Oferecidos
Consensual – 30% do Valor Recebido da Parte Lesadora

(Mínimo de 150 reais, ainda que ultrapasse a porcentagem citada acima).

– De qualquer maneira o pagamento de 150 reais deve ser feito no momento da contratação, o qual será abatido dos 30% acima, se conseguirmos a vitória consensual em até 15 dias corridos.

– Após esse prazo, automaticamente será oferecido para o cliente os serviços da solução litigiosa, gratuitamente.

– Utilização de Técnicas Jurídico-Comerciais de alto potencial resolutivo e imediato.

– Elaboração de Interpelação Extrajudicial encaminhada diretamente para empresa ou Grupo Empresarial que a lei versar e nossa experiência indicar para solução do conlito.

Litigiosa – Não há qualquer cobrança nesse serviço, o mesmo faz parte da sequência da prestação jurídica acima.
– O valor de 150 reais creditado no serviço consensual não é passível de reembolso por parte do cliente em qualquer hipótese, sendo apenas restituido via jurisdicional indicada ao lado.
– Elaboração da Petição Inicial e Guia Detalhado de como postular em juízo e ter a presença de um advogado Estatal no dia da Audiência de Instrução.

Essa petição e Guia serão enviados via e-mail para o cliente e contará com:

– Resenha e Doutrina Jurídica citando ementas jurisprudenciais e julgados favoráveis ao deferimento.

– Cobrança Judicial do valor material ora lesionado.

– Cobrança de todo valor pago a nossa equipe jurídica “pelo cliente” perante a empresa lesadora, além de:

– lucros cessantes (se houver)

– Indenização Material e Moral

– Pedido Liminar (se couber)

– Obrigação de Fazer (se couber)

Entre em contato com nossa Equipe Envie seu caso e nos posicionaremos da melhor e mais rápida solução.